Técnicas de Oratória

Na Oratória Rogéria Guida o método é apresentado e desenvolvido por meio de um atendimento personalizado com práticas diversas e por técnicas ministradas nas seguintes palestras:

Reconhecimento do Sujeito Unidade em Movimento

O que é a inibição? O que é a timidez? Como fazer para superar esse obstáculo? Reconhecimento do Sujeito é a técnica que desenvolve a capacidade de reconhecer todo o processo de expressão para ter poder pessoal.

Unidade em Movimento

Reconhecimento da união de todas as técnicas que geram a presença do Sujeito, capaz de romper bloqueios e permitir a circulação da energia vital em todo o processo de comunicação.

Postura

Toda postura interna molda o corpo e a voz. Através da postura o orador aprende a ser alinhado, elegante e impecável. A postura de equilíbrio está relacionada com a saúde, a segurança e o prazer. “Altivez sem arrogância e humildade sem submissão”.

Respiração

Respirar renova a vida no corpo, sentimentos e pensamentos. Aquele que mal consegue respirar, mal consegue sentir-se confortável dentro do próprio corpo, mal consegue ver, ouvir, raciocinar, lembrar, ficar inspirado e soltar a voz. A respiração alimenta a saúde física, emocional, intelectual, vocal e espiritual. A consciência fono-respiratória produz o poder de colocar-se junto da própria voz no ambiente, possibilitando boa qualidade vocal.

Impostação da Voz

Somos instrumentos também sonoros. É preciso saber afinar a própria voz para colocá-la sem esforço, de forma harmoniosa no ambiente, aproximar as pessoas e alcançar objetivos. A voz aproxima ou distancia, acalma ou fere e tem o poder de cura. Saber escutar e ser dono de sua própria voz é ter o poder de orquestrar os sentimentos adequados ao universo em que vive, sabendo o efeito que produz. Voz é energia sonora e tem freqüência de vibração.

Dicção

Articular bem as palavras valoriza o discurso. Ter o poder de usar a palavra requer escutar a própria voz e saber o efeito que a palavra produz. O reconhecimento da palavra é necessário para não sofrer os efeitos de uma fala distorcida e mal articulada daquele que não se escuta e não sabe o que fala. Dicção é a arte de dizer através da voz e da fala.

Ritmo, Inflexão e Fluência

Ritmo

Possibilita falar com significado, estimula a memória, atua na organização do pensamento e na capacidade de argumentação. Pensamento cadenciado é pensamento organizado. Desenvolve a objetividade e a fluência. Para caminhar numa direção é preciso falar com definição, é preciso falar com decisão. Quem fala bem, define bem o que diz.

Inflexão

Modulação da voz. Inteligência emocional. A inflexão é necessária na adequação do sentimento.

Fluência

Discurso inteligente com início meio e fim. Fazer fluir e sustentar a intenção através de um pensamento organizado e de um sentimento adequado. Ser o dono do seu discurso. Ser presente. Nível de atenção diferenciado. Comunicação voluntária, objetiva e consciente.